14 de dezembro de 2010

Por que há tanta dor e sofrimento no mundo?

 
A resposta de hoje vem por meio de um texto, que recebi essa semana por e-mail. O autor é desconhecido.

O barbeiro e Deus
Um homem foi ao barbeiro para cortar o cabelo, como ele sempre fazia. Começou a conversar com o barbeiro e falaram sobre vários assuntos.
Conversa vai, conversa vêm, eles começaram a falar sobre Deus. O barbeiro disse:
― Eu não acredito que Deus exista, como você diz.
― Por que você diz isto? - o cliente perguntou.
― Bem, é muito simples. Você só precisa sair na rua para ver que Deus não existe. Se Deus existisse, você acha que existiriam tantas pessoas doentes? Existiriam crianças abandonadas? Se Deus existisse, não haveria dor ou sofrimento. Eu não consigo imaginar um Deus que permite todas essas coisas.

O cliente concentrou-se por um momento, mas não encontrou uma resposta imediata e objetiva, e para evitar uma discussão, permaneceu calado. O barbeiro terminou o trabalho e o homem saiu, estava ainda um tanto pensativo.
Quando chegou à porta, ele viu um mendigo, parou por um instante e então voltando-se para o
barbeiro, disse:
― Sabe de uma coisa os barbeiros não existem.
― Como assim, eles não existem? -perguntou o barbeiro. ― Eu não estou aqui? Acaso isso aqui é um açougue?!
― Não! Não é um açougue, mas reafirmo que os barbeiros não existem, pois se eles existissem não haveriam pessoas com barba e cabelos tão longos como os daquele senhor que vai passando ali na calçada...
― Ah, mas barbeiros existem, o que acontece é que as pessoas não me procuram e isso é uma opção delas.
― Exatamente. -afirmou o cliente. ― É justamente isso. Deus existe. O que acontece é que as pessoas não o procuram, pois isso é uma opção delas, e é por isso que há tanta dor e sofrimento no mundo. Não culpe a Deus por permitir que essas pessoas continuem a viver desta forma. Ele convida, constantemente, a todos para vir e receber a salvação dos pecados e a vida abundante. O motivo dessas pessoas continuarem a ser escravas do pecado e do mal é que recusam a pessoa que morreu para lhes salvar e libertar.
"Chegai-vos a Deus, e Ele se chegará a vós" (Tiago, 4:8)

Que Deus te abençoe!
Beijo e queijo,
Renata Flávia.

Comentário rápido:

3 comentários:

Simplesmente demais, esse post conta de uma forma bem simples o porque de haver tanta desgraça no mundo de hoje.Como sempre Re seus posts são cada vez melhor e me surpreendem a cada dia mais.Continue com o exelente trabalho e pode ter certeza que assim como eu muitas pessoas estão sendo abençoadas atravez dele.Parabens e que Deus continue te abençoando.

Será?
Que todas as pessoas que sofrem, que estão doentes, que alguma fatalidade aconteceu na vida delas são só aquelas que estão longe de Deus?

E as que tem a vida normal, sem doenças ou desgraças estão mais próximas de Deus?

Que a desgraça, a doença, o desemprego, e mil outras coisas só assolam quem está longe de Deus?

Sei não...

Bom dia! Muitos se fazem essa pergunta!
Mas pense, Deus é amor diz a Bíblia, e alguém amoroso não nos causaria dor, mas somos surpreendidos por fatalidades e a própria Bíblia diz que o imprevisto sobreveem a todos! Nós explica também porque o mal entrou no mundo e que Deus leva injustamente a culpa desses males, e preciso entender o que diz a Bíblia sobre o que nos causa esse mal, caso queira saber mais estarei a disposição para ajudar.