25 de fevereiro de 2011

Ai, que vergonha...

As vezes está indo tudo muito bem, há uma ligação forte com Deus, orações a cada hora, louvores tocando em nossa mente, quando de repente a gente dá aquela escorregada.
"Poxa! Não acredito que eu dei esse mole! Pai, me perdoa!"
Dá aquela raiva de nós mesmos, sabe.
Mas de imediato nos confessamos pra Deus e pedimos perdão. E Deus perdoa.

Mas a reação que eu acho a mais perigosa é a da vergonha.
Claro que todo pecado contra Deus nos envergonha, mas faz parte de um processo. Depois da vergonha nós lembramos que o amor que Deus cria em nós é muito maior do que a nossa carne e o Senhor é misericordioso para nos perdoar e nos purificar se pedirmos de todo coração. É isso que importa, o coração, se quer ser puro, transformado, pra nunca mais voltar a pecar.
"Por isso te digo: Perdoados lhe são os pecados, que são muitos; porque ela muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama.
Então Jesus disse a ela: "Seus pecados estão perdoados". (Lucas 7:47-48)
Assim disse o Senhor a pecadora que lavou Seus pés com as próprias lágrimas e enxugou com os cabelos.

Mas tem certos pecados que nos envergonham por completo. São aqueles que pegam no ponto fraco.
Por exemplo, pra uma pessoa pode ser muito fácil encarar a verdade e nunca mentir, mas por outro lado, é muito difícil ser um dizimista fiel. Num mês ela não levou seu dízimo a casa do Senhor, conscientemente. Mas então ela se arrepende e diz que nunca mais vai voltar a fazer isso. E no próximo mês acontece a mesma coisa.
Dá uma vergonha, nos sentimos desprezíveis, sujos e o arrependimento não vem.
Não falamos com Deus, pensamos em desistir porque não somos merecedores.
A vergonha só se faz por completa por falta de sabedoria.
"E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar." 
( I Coríntios 10:13)

Nós sempre podemos suportar. O que nos faz pensar que não é a nossa carne.
O que é mais forte em você? A carne ou o espírito?
Pra responder isso é só você analisar o que você tem alimentado mais.
Tem lido mais a bíblia ou as revistas que contam a vida dos famosos?
Tem cantado louvores ou músicas obscenas?
Você passa um bom tempo conversando com o Senhor ou todo o seu tempo vai para seu hobbie?

Quanto mais a gente ler a bíblia, orar, jejuar, ir à igreja, dizimar, ofertar, fazer coisas que glorifiquem o nome do Senhor, mais firmes em Deus estaremos.
Somos livres pra fazer o que quisermos: ler revistas, livros, ouvir música, tagarelar com os amigos; mas tudo isso deve ser minoria perto do que fazemos pra Deus.

Segue aqui em baixo um trecho edificante da música "Deus Esperava Mais" do Apocalipse 16:
"Pois Jesus ainda pode esperar um pouco mais, Ele bate em seu coração. Será que você pode ouvir sua voz? Se estiver ouvindo deixe ele entrar, convida pra cear, e seja um bom mordomo. Se vencer a carne vai poder sentar no tronoA vida é louca, mas quem tem ouvidos ouça, não se endureçaPois o espírito de Deus fala com a sua igreja, fala com seu templo, E você é o templo, viva o novo tempoPois é claro que Jesus também se entristece, pois Jesus espera mais! Espera que você seja mais amoroso, tenha mais gozo, mais pazSeja mais paciente, mais benigno, seja bom, seja fielDeus espera mais, mais mansidão, mais auto-controleContra essas coisas não há lei. Crucifique a carne para fazer viver eternamente o espírito."
Não desista do Senhor, Ele espera por você.
Que Deus te abençoe.
Beijo e queijo,
Re.

Comentário rápido:

0 comentários: