17 de fevereiro de 2011

Preguiça e Outras Drogas.

Eu já expus no post "10 Coisas para um Crente Fazer nas Férias" a repugnância que tenho pela preguiça.
Porque eu acredito que ela é um dos maiores desafios que encontramos em nossa fase teen.
Sempre que penso em preguiça imagino-a como um chiclete velho.
Já perdeu o açúcar: Mesmo que você só tenha ido pra escola, sente um cansaço como se tivesse escalado o monte Everest.
Dá um prazer em ficar mastigando: É uma delícia ficar dormindo, ou vendo qualquer porcaria na TV, mofando na frente do computador... Nada que exija nosso esforço.
Gruda: Porque por um momento você pensa: "Preciso fazer alguma coisa", mas olha ao redor e percebe que disse isso a uma hora atrás e continua deitado.

Você já deixou de fazer algo que era realmente útil por causa da preguiça?
Já ignorou suas responsabilidades por causa dela?
Já chegou no fim do dia pensando: "Nossa, hoje eu não fiz nada"?
Pois é, você foi vítima desse chiclete velho nojento.

Como eu também já falei, descansar é bem diferente de preguiça. Quer saber a diferença? O próprio Senhor te diz:
"Observe a formiga, preguiçoso, reflita nos caminhos dela e seja sábio!
Ela não tem nem chefe, nem supervisor, nem governante, e ainda assim armazena as suas provisões no verão e na época da colheita ajunta o seu alimento.
Até quando você vai ficar deitado, preguiçoso? Quando se levantará de seu sono?
Tirando uma soneca, cochilando um pouco, cruzando um pouco os braços para descansar, a sua pobreza o surpreenderá como um assaltante, e a sua necessidade lhe virá como um homem armado." (Provérbios 6:6-11)
A formiga não tem ninguém para lhe dar ordens, cobrar dela algo, mas mesmo assim ela trabalha.
Porque ela visa seu futuro, ela entende de tempo.
"Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu: 
[...] tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou." (Eclesiastes 3:1-2)
A formiga sabe que no verão ela vai trabalhar, talvez tenha até pouco descanso, mas ela armaneza seu alimento com prazer porque quando chegar o inverno, o tempo mais difícil para se conseguir alimento, será o tempo em que ela descansará em sua casa com lareira comendo founde.

Não espere ser pego de surpresa pelo inverno, por tempos difíceis, comece a agir desde já!
"O preguiçoso diz: 'Há um leão lá fora!' 'Serei morto na rua!'" (Provérbios 22:13)
O preguiçoso ainda diz mais: "Ah, eu estudo amanhã...", "Ah, depois eu faço isso...", "ZZzzZZzZ"
Se você não começar a estudar agora, a matéria não vai brotar na sua mente na hora da prova.
Se ficar dormindo, só sonhando não vai conseguir esse emprego.

"O preguiçoso deseja e nada consegue, mas os desejos do diligente são amplamente satisfeitos." (Provérbios 13:4)
Seja ativo e zeloso, não caia na preguiça e seus desejos serão amplamente satisfeitos.

"Descobri também que poder comer, beber e ser recompensado pelo seu trabalho, é um presente de Deus." (Eclesiastes 3:13)
Você receberá um presente de Deus, será recompensado pelo seu esforço e pelo seu trabalho. Faça tudo juntamente com a presença de Deus e terá uma vida abençoada!

Fique firme na fé.
Renata Flávia.

Comentário rápido:

0 comentários: