24 de março de 2011

Amigos experientes.

Quando eu lembro do Ronaldo, não me dá vontade de rir, eu já dou uma risada instantaneamente. Ele é o meu amigo mais engraçado e não tem nenhum outro que ganhe, nem o comediante mais pop do momento. Me faz rir com suas piadas, teorias que inventa, o jeito (bizarro) de dançar, os apelidos que ele cria... E a risada dele... É hilária! Eu rio da piada e depois da risada, haha.
Mas ele também me dá super conselhos pra todo tipo de assunto, principalmente em relação aos garotos. Ele não é o tipo de amigo ciumento, mas tem cuidado por mim. Eu chego aflita, já lamentando e ele pára o que está fazendo e me ouve, me consola e ainda me diz o que fazer baseado na bíblia!
Estou bem de amigo, né?!

Você tem um amigo assim? Que você pode confiar de olhos fechados? E você conta pra ele toda sua vida, com todos os detalhes (porque os detalhes fazem toda a diferença)?
E eu não estou falando de amigo que só ouve, mas o que te responde e não fica só no "Ah, é fase... Vai passar!", troféu jóinha pra esses tipos de amigos. O conselho torna-se ainda melhor e confiável quando vem de quem é conhecedor da Palavra e vive o evangelho.
E aí? Veio alguém a sua mente?
 
Seu pai??
Então, sua mãe??
Pra gente parece que eles já nasceram adultos, chatos e nos privando de todo tipo de diversão. E de chato a gente costuma fugir e não virar amigo, não é?
Mas tudo isso é proteção e não cisma (ou você acha que enquanto está emburrado no quarto seus pais vão correndo pra Associação dos Pais Malvados estourar um champanhe?). 
Nós temos que entender que eles até confiam em nós, mas prezam mais pela nossa vida do que nós mesmos. Enquanto nós, meninas, estamos pensando em que roupa vamos usar, se o sapato combina, se o gatinho da 3002 vai estar lá... Nossos pais estão pensando se o lugar é seguro, se vai ter confusão, que horas nós vamos voltar, se o garoto sem-vergonha da 3002 vai estar lá... E igualmente é com os meninos.
Nossos amigos não tem tanto cuidado assim por nós porque eles estão no mesmo barco, tem os pais deles se preocupando também.
Embora pareça que não é verdade, eles já foram adolescentes um dia e tem muita experiência. Não importa se sua mãe é dona de casa, empresária ou deficiente, ela tem muitas coisas pra te ensinar. Assim também o seu pai. Porque eles já viveram mais que você e já passaram sim pelas coisas que está passando.
Eles são o nosso cotidiano, pra quem a gente liga quando está perdido na rua, emprestam dinheiro (nem sempre volta), nos dão presentes... É bom poder ouvir conselhos de quem nós temos como exemplo, admiração; Ou não também, ou o pai é daqueles durões, que só sabem gritar; mas que nos amam e querem a nossa amizade também, mesmo não demonstrando. Muitas coisas dependem da nossa postura, do nosso primeiro passo pra mudarem, pode ser assim com o jeito do seu pai ou da sua mãe.

É difícil começar a falar de tudo com eles, sem ter intimidade. E a intimidade vem quando a gente conhece bem a pessoa. Então conheça mais os seus pais, o passado deles, a história, a fase teen. Claro que tem aquela história que vem em todo sermão que a gente sabe de cor e salteado: "Na sua idade eu já trabalhava engraxando sapato na rodoviária!!"(O discurso começa com "Na sua idade", o resto muda de família pra família) Mas fique mais atento ao que deixa seus pais felizes, os hobbies, os programas de Tv; se surpreenda!

Busque ter um pai que você confia de olhos fechados, como Isaque confiou em Abraão e fez tudo conforme ele mandara. (Gênesis 22)
Noemi era sogra de Rute e elas ficaram bastante tempo juntas. Rute a amou tanto, acredito que como se fosse sua mãe, que não a abandonou quando seu marido morreu. (Rute 1) Não abandone sua mãe, seja ela sua mãe adotiva, de coração, sua avó, tia... Esteja com ela até nos tempos difíceis.
Não tenha dúvidas que seus pais te amam e querem te ver conquistando vitórias. Ore e peça a Deus pela amizade de vocês, pra que haja confiança e intimidade. Não despreze a amizade dos seus pais.

Ps.: O Ronaldo que eu falei lá em cima é o meu amigo, meu pai.

Que Deus te abençoe!
Beeeijo beijo,
Re.

Comentário rápido:

0 comentários: