31 de março de 2011

Há milhas.

Quão distante as coisas podem ser pra nós?
Algumas são bem perto de alcançar, como passar raspando, fazer um brigadeiro cheio de 'pelotas', desenhar um boneco de pauzinhos... São coisas que nós não alcançamos com dificuldade, porque não exige nosso esforço, mas também não gera orgulho, não aumenta nossa dignidade.

Mas o que mais queremos, o que encheria nosso coração de alegria, de orgulho, parece estar há milhas de nós.
E então o medo tenta nos forçar a abandonar nossos sonhos, mas nós somos fortes o bastante pra não dar ouvidos.
E então nós tentamos e não conseguimos.
E vem o fracasso nos dizer que não somos capazes e nos oferecem várias outras opções que não precisam do nosso esforço, mas não é bem aquilo que nós queremos.

Uma vez eu estava perdida nessa e comecei a pensar que, embora não fosse o que eu mais queria, eu poderia assumir uma 2ª opção, além do mais, quantas pessoas já não fizeram isso? E por acaso eu seria mais feliz que elas se conquistasse o que eu gostaria? Seria melhor do que elas?
Mas eu percebi que a questão não é a minha posição para o mundo e sim pra Deus.
O mundo generaliza, oprime, faz de tudo pra dizer que nossas vidas não são boas o bastante; e Deus noz diz o quanto somos importantes, cada um do jeito que é com suas grandes, muitas, ou pequenas e poucas conquistas.

Deus nos permite escolher muitas coisas, não somos robôs em Suas mãos; podemos orar, pedir benção, mas cabe a nós escolher e fazer a nossa parte pra conseguir. Mas se toda vez que aparecer um gigante no meio da estrada nós dermos meia volta e seguir por outro caminho, do que adianta nossa fé?

O Senhor é Poderoso, Criador de tudo e quer nos ver felizes, conquistando vitórias com a ajuda Dele.
Pois o Deus que vai nos levar para o céu, é o mesmo Deus capaz de nos dar o que parece tão distante.
Em Sua imensidão o que pra nós está há milhas, pra Ele está em somente um passo, um passo nosso, um passo de fé.

Comentário rápido:

0 comentários: