14 de junho de 2011

O "tudo bem" pode ficar bem melhor.

"Assim, aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia!" (I Coríntios 10:12)

Geralmente, nós nos sentimos firmes logo após passar por uma tempestade. 
Uma provação que foi vencida nos traz à realidade de que estamos firmes no Senhor, acreditando que maior é o que está em nós do que o que está no mundo. E essa sensação de vitória e o coração transbordando de fé é o que nos basta pra ter um dia maravilhoso. 
Mas o mundo gira muito rápido, os dias passam correndo, com várias coisas pra fazer e o coração perde aquela alegria fervorosa.
Porém, ainda há fé, uma alegria sutil e tudo está bem
O que nós aprendemos com o versículo do início do post é que quando está tudo bem, pode e deve ficar melhor.

Pode ficar melhor porque depende de nós, da nossa busca, de querer ter um coração queimando de fé, cheio do Espírito Santo. Depende do passo que dermos pra mudar a ideia de rotina que temos; não precisamos tentar encaixar Jesus nela, e sim fazer do Senhor a nossa rotina e deixar que Ele encaixe os demais afazeres em nossos dias. Parece loucura, mas é isso que diz em Mateus 6:33: "Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas."

Deve ficar melhor porque precisamos nos cuidar para não cairmos. É naquele momento dito acima, de quando estamos cheio de fé, nos sentindo vitoriosos e firmes, que devemos nos cuidar e manter toda a fé e confiança no Senhor pra não cair, no pecado, nem no conforto do "tudo bem".
Devemos buscar sempre o melhor, não deixar o dia acabar sem ter vivido algo diferente, sem ter louvado, orado e adorado ao Senhor.

Cada dia é uma chance de vida, não vamos desperdiçar.
Deus te abençoe!
Beijo e queijo,
Renata.

Comentário rápido:

0 comentários: